terça-feira, fevereiro 7, 2023
spot_img
InícioParáURGENTE: Foragido acusado de matar policiais é preso em Goiás

URGENTE: Foragido acusado de matar policiais é preso em Goiás

As Polícias Civis do Estado do Pará e Goiás, em conjunto com a Força Nacional (GT3 – grupo tático com integrantes paraenses) cumpriram, nesta terça-feira, por volta de 17 horas, no Município de Goiânia/GO, mandado de prisão preventiva e mandado de recaptura de foragido expedido em desfavor do nacional JORGE LUIS MIRANDA PEREIRA, vulgo “NENA”, o qual se encontrava evadido do sistema penal paraense desde o ano de 2013.

Em entrevista ao telejornalismo da TV Record, o delegado geral confirmou a prisão e as informações que chegaram ao portal de notícias Amazon Live e disse que já tem o nome dos demais envolvidos na morte do PM, no último domingo, 05, Belém do Pará

O preso, que estava em Goiânia há cerca de 2 meses, é pessoa de extrema periculosidade, sendo apontado, pela investigação do crime de homicídio em desfavor do Sargento Vilhena, como um dos principais mandantes.

Saliente-se que há elementos de informação que demonstram que JORGE LUIS MIRANDA PEREIRA, vulgo “NENA”, participou ativamente no planejamento para a execução de atentados contra a vida de agentes de Segurança Pública do Estado do Pará, como na morte de duas pessoas ocorridas no dia 21/04/2018, na Arena de Futebol, conhecida como “Campo do Chuveirinho”, no Bairro do Coqueiro, Região Metropolitana de Belém. Dentre as vítimas, havia um Sub-Tenente da Reserva da Polícia Militar do Estado do Pará.

A Polícia Civil confirmou as informações mas não divulga a foto do suspeito, baseada na nova lei do abuso de autoridade. No entanto, fontes da polícia confirmaram ao redator Diógenes Brandão, que as fotos são do foragido.

Leia a nota da Secretaria de Segurança do Pará, na Agência Pará.

Força Tarefa de Segurança Pública prende mandante do triplo homicídio da Cabanagem

Foi preso na tarde desta terça-feira (7), por volta de 17h, o mandante do triplo homicídio, que aconteceu no último domingo (5) no bairro da Cabanagem. A prisão é resultado de um trabalho da Força Tarefa dos órgãos de Segurança Pública do Estado para apurar o crime, que em menos de 48 horas conseguiu solucionar o caso.

Jorge Luiz Miranda Pereira foi preso em sua casa, em Goiânia (GO). A operação contou com o apoio do Núcleo de Inteligência de Goiás e policiais civis do Pará que integram a Força Nacional. As investigações para prender os outros envolvidos continuam. Todos já foram identificados.

Conhecido como “Nena”, Jorge Luiz, estava foragido do sistema penal paraense e participou ativamente no planejamento para a execução de atentados contra outros agentes de Segurança Pública do Estado do Pará e na morte de duas pessoas ocorridas em abril de 2018, na Arena de Futebol, conhecida como “Campo do Chuveirinho”, no Bairro do Coqueiro, Região Metropolitana de Belém. Dentre as vítimas, havia um Sub-Tenente da Reserva da Polícia Militar do Estado do Pará.

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais visualizados