sexta-feira, janeiro 27, 2023
spot_img
InícioTráfico de DrogasSupostos caixotes com grande quantidade de cocaína surgem na praia da Princesa,...

Supostos caixotes com grande quantidade de cocaína surgem na praia da Princesa, em Algodoal

A paradisíaca ilha de Maiandeua, mais conhecida como Algodoal e destino de muitos turistas e veranistas, vive dias movimentados devido um suposto fato sério e curioso. Uma fonte moradora da ilha, localizada na cidade de Maracanã, revelou ao Portal Diógenes Brandão que semanas atrás uma grande quantidade de drogas, possivelmente cocaína, surgiu na praia da Princesa, mas não apenas lá.

Acima de tudo, especula-se que o produto contrabandeado teria sido jogado de uma grande embarcação às proximidades de Salinópolis, mas que, por força da maré, chegado da mesma forma em outras localidades como Fortalezinha, Vila do Penha e Marieta, todas situadas na cidade maracanaense. A droga teria aparecido na ilha dentro de caixotes.

A praia da Marieta, também em Maracanã, teria sido outro ponto que parte da droga “encostou”. (Divulgação)

Na praia da Princesa, os produtos se concentraram próximo ao igarapé do Mupeua, entre Algodoal e Fortalezinha. “Muita droga”, disse a fonte, fazendo referência ao volume de entorpecentes.

Vila do Penha teria sido outra localidade que a droga teria chegado. (Foto – www.maracana.pa.gov.br)

“Teve o ‘lanço’ aqui, maré cresceu, o vento de fora jogou tudo pra cá. Foi encontrada em frente de Salinas. E o vento trouxe, um monte mesmo, era muita, eram caixas e caixas de drogas. Não se sabe quem realmente achou”, revela a fonte. “Sei que aqui é um falatório sobre essa carga jogada dentro d’água. Não se sabe se foi uma operação na frente de Salinas ou em Bragança”, acrescentou.

Diante da movimentação, segundo a fonte, drones começaram a ser vistos na área e suspeita-se que já seria o trabalho de investigação de policiais civis. Entramos em contato com a Polícia Civil a fim de obter informações sobre o suposto fato e aguardaremos um posicionamento.

Leia também:

Moradores de Ajuruteua denunciam o aumento da criminalidade e a “vista grossa” da PM

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais visualizados