terça-feira, fevereiro 7, 2023
spot_img
InícioBelémServentes e merendeiras das escolas de Belém protestam por melhores salários

Serventes e merendeiras das escolas de Belém protestam por melhores salários

Na manhã da última quinta-feira (24), com apitos e gritando palavras de ordem, serventes e merendeiras concursadas da Secretaria Municipal de Educação (Semec) ocuparam a sede do órgão para protestar pelo baixo salário recebido, que estaria abaixo do salário mínimo, de R$ 1.212.

“Servidor na rua, Edmilson a culpa é tua!” entoavam os manifestantes, muitos deles integrantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sintepp), de Belém, que teriam sido recebidos no gabinete da secretária de Educação Márcia Bittencourt.

Em uma faixa exibida pelos manifestantes, a inscrição que comparava o salário-base da gestão atual municipal, e à época do prefeito Zenaldo Coutinho, respectivamente de R$ 869,26 e R$ 827,87, sendo que a diferença, de R$ 41,39 (5%), não daria para comprar uma cesta básica.

Entraremos em contato com a assessoria de imprensa da Semec e procurar obter algum esclarecimento sobre o valor recebido pelos servidores dos cargos de merendeira e serventes.

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais visualizados