terça-feira, fevereiro 7, 2023
spot_img
InícioSantana do AuráRisco de intoxicação por gás metano e temor de explosões resultante de...

Risco de intoxicação por gás metano e temor de explosões resultante de queima de lixo, denuncia comunidade

Moradores de Santana do Aurá, em Belém, área localizada às próximidades do bairro de Águas Lindas, na divisa com o município de Ananindeua, denunciam o risco de intoxicação por gás metano, resultante de vários focos de incêndio que ocorre há dias naquele bairro. Na área está localizada o Aterro Sanitário do Aurá, que recebe diariamente toneladas de lixo coletados pela Prefeitura de Belém.

Registro do cenário vivido por moradores de Santana do Aurá: muita fumaça em frente do aterro sanitário. (Reprodução)

Junto ao problema de saúde provocado pela fumaça, aquela comunidade vive sob tensão diante da possibilidade de explosões ante a concentração do gás metano produzido pela decomposição de matéria orgânica. Um dos trastornos causados à rotina dos moradores é o impacto nas atividades da escola municipal de Educação Infantil e Fundamental de Santana do Aurá, administrada pela Secretaria Municipal de Educação (Semec), e localizada em frente ao Aterro do Aurá.

De acordo com a professora Gloria Queiroz, a escola mantém a rotina, apesar do problema. “As aulas não foram suspensas em nenhum dia”, garantiu. Os moradores já teriam feito contato com o Corpo de Bombeiros Militar (CBM), mas nada ainda foi feito para solucionar o problema dos moradores daquela área. As imagens desta edição foram encaminhadas ao Portal Diógenes Brandão e nelas é possível verificar a proporção do problema.

Glória chama atenção para outro sério problema enfrentado pelos moradores daquela área limite entre Belém e Ananindeua, que é o avanço da área do Aterro Sanitário do Aurá.

Encaminhamos pedidos de posicionamento tanto ao Corpo de Bombeiros Militar quanto à Prefeitura Municipal de Belém a fim de saber as medidas adotadas para solucionar o problema.

Leia também:

MPPA instaura procedimento para garantir Boas Práticas higiênico-sanitárias nos restaurantes do Combu

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais visualizados