sexta-feira, janeiro 27, 2023
spot_img
InícioBrasilNilson Pinto explica saída da Comissão do Voto Impresso

Nilson Pinto explica saída da Comissão do Voto Impresso

Deixei a Comissão do Voto Impresso por não concordar com a polarização que se produziu na comissão.

Sou contra a volta do voto impresso porque ele abre caminho para a fraude eleitoral, como ocorria no passado. Mas defendo o aprimoramento do sistema atual para permitir a auditagem das urnas, o que hoje não é possível.

Infelizmente, a discussão na comissão evoluiu para uma polarização equivocada, como tantas que acontecem atualmente no Brasil: ou se é a favor do voto impresso ou se referenda a urna atual, sem alterações.

Eu quero uma alternativa diferente: quero abrir a possibilidade de se aferir a confiabilidade do sistema, a cada eleição, a partir da auditagem de um certo percentual de votos.

Essa proposta não avançou na comissão mas espero que ela possa ser melhor discutida e aprovada quando o assunto chegar ao plenário da Câmara.

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais visualizados