quinta-feira, março 30, 2023
spot_img
InícioEntrevistaDiógenes Brandão na TV debate a realidade sofrida no Marajó e explorada...

Diógenes Brandão na TV debate a realidade sofrida no Marajó e explorada pela campanha presidencial

O efeito das falas da ex-ministra Damares sobre as meninas marajoaras que teriam seus dentes arrancados para serem forçadas a sexo oral e obrigadas a comer comida pastosa para a prática de estupro com sexo anal, assim como todas as mazelas pelas quais passa a população do Marajó, estarão em debate na noite desta quarta-feira, no programa Diógenes Brandão, na RedeTV!

O programa Diógenes Brandão na TV traz o debate sobre a realidade vivida pelo povo do arquipélado do Marajó, na noite desta quarta-feira (26).

O convidado para a entrevista da noite é Dário Pedrosa, que promete informações reveladoras sobre a situação pela qual passa a população marajoara, usada na propaganda da campanha eleitoral presidencial e que continua sofrendo com o abandono, mas não deixa de ser honrado e de lutar, como a que está fazendo para a melhoria do transporte de chegada e saída do arquipélago.

Tráfico Humano, Estupro, Violência Sexual, Fake News, Concessão do Transporte Fluvial, Miséria, Abandono governamental, serão pautas que estarão sendo abordadas na entrevista.

Radialista, escritor e professor de Educação Física, Dário Pedrosa é uma das lideranças do Movimento Social em Salvaterra, um dos criadores do movimento Acorda Marajó e atualmente lidera o movimento do Porto da Foz do Rio Camará, de onde partiu a embarcação que naufragou e vitimou dezenas de pessoas, em frente à ilha de Cotijuba, fato que estará sendo revelado em detalhes, na noite de hoje, a partir das 21:30h.

Não perca!

O programa vai ao ar a partir das 21:30 na RedeTV, canal 47.1 e através do canal da emissora no Youtube e nas redes sociais de Diógenes Brandão, seja no Instagram e no Facebook, que você pode seguir e acionar as notificações e assim ser avisado no começo da transmissão.

Leia também:

MPF cobra explicações a ministério sobre crimes contra crianças na ilha de Marajó denunciado por Damares

O que há de errado na fala de Damares sobre as atrocidades contra crianças no Marajó

As 20 mortes, a superlotação, as contradições e o que não foi dito sobre o naufrágio na baia do Marajó

Internet gratuita é reativada em praça de Soure, mas não existe fibra ótica no Marajó

RELACIONADOS

Mais visualizados