segunda-feira, janeiro 30, 2023
spot_img
InícioTurismoAnanindeua entra no Mapa do Turismo Brasileiro 2022

Ananindeua entra no Mapa do Turismo Brasileiro 2022

A Prefeitura de Ananindeua vem trabalhando para o desenvolvimento do município, seja de infraestrutura, saneamento, saúde, educação e incentivando a economia, sempre visando a qualidade de vida dos mais de 500 mil habitantes do município. E um desses trabalhos que vem sendo realizado é coordenado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SEDEC), com investimentos no setor turístico, fazendo com que Ananindeua seja inserida no Mapa do Turismo Brasileiro 2022 (SISMAPA), gerando aumento na economia local, renda, empregos e oportunidades de novos negócios.

Em 78 anos de existência, o município de Ananindeua é um dos mais importantes do Pará, o segundo mais populoso do Estado, e sua inserção no mapa de turismo permite a captação de recursos estaduais e federais do Ministério do Turismo (MTUR) para investimento, promoção, melhorias de infraestrutura de apoio e, no desenvolvimento de políticas públicas de turismo, além de serem investidos em mais qualidade de vida para os moradores.

“Não consigo deixar de expressar a felicidade de ter o município de Ananindeua inserido no Mapa do Turismo, onde desde o início da gestão municipal vem se trabalhando para que o município seja um destino turístico. Vale ressaltar que esta conquista, contribui para o desenvolvimento socioeconômico do município”, destacou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Ivelane Catarini Mendes

Durante o ano passado, foi realizado um extenso e consistente trabalho para que hoje Ananindeua pudesse estar inserida no mapa de turismo, como a criação do Conselho Municipal de Desenvolvimento do Turismo de Ananindeua (COMDET), estruturação da Diretoria de Desenvolvimento e Competitividade do Turismo, buscar parcerias com empresas e trabalhadores registrados no cadastro dos prestadores de serviços turísticos (CADASTUR) e o termo de compromisso com o Programa de Regionalização do Turismo Brasileiro. 

A secretária Ivelane também enfatiza a valorização que o município terá ao ser incluído na Rota do Turismo. “Para o MTUR passamos a ser prioridade no recebimento de recursos, então isso reflete no desenvolvimento da cidade”. 

O Açaí é fruto típico da região norte e já ganhou o mundo com seu sabor diferenciado.Foto: Ricardo AmanajásUm dos pontos de grande destaque no município são as nove ilhas que estão localizadas ao longo do rio Maguari, onde as pessoas podem usufruir de comidas exóticas e típicas, que possuem um sabor tão diferenciado e atraente de origem indígena: açaí, tucupi, camarão, caranguejo, siri e peixes típicos da região do rio Maguari. Há também um ambiente rústico, natural e bem aconchegante. A pesca esportiva e as trilhas também são ótimas opções que as Ilhas oferecem. 

Para que o município possa oferecer atendimento e serviço de qualidade ao turismo e aos próprios moradores, a secretaria segue investindo em qualificação dos trabalhadores do comércio, incluindo os feirantes com cursos de gastronomia, manipulação de alimentos e gestão financeira. Onde os moradores das ilhas também serão beneficiados. 

Comidas típicas e exóticas são encontradas na Comunidade QuilombolaFoto: Leandro Santana

Mapa do Turismo

Na última semana do mês de março, o MTUR divulgou o Mapa do Turismo Brasileiro 2022, no qual o município de Ananindeua foi inserido pela primeira vez. Trata-se de um documento que reúne todos os municípios que possuem regiões turísticas como estratégia de desenvolvimento e identifica as necessidades de investimentos e ações do setor em cada região do país. São mais de 2.542 cidades distribuídas em 322 regiões turísticas. 

Os municípios inseridos são classificados de A a E no Mapa, de acordo com o desempenho da economia no turismo, e a quantidade de estabelecimentos de hospedagens, empregos, estimativa de visitantes domésticos e internacionais, e a arrecadação de impostos federais nos meios de hospedagens. 

“Qualquer município do país pode fazer parte do Mapa do Turismo e, desta forma, ser beneficiado diretamente com ações e recursos do MTUR para ampliar o desenvolvimento da atividade turística local. Para isso, os gestores municipais precisam assumir o compromisso de priorizar o setor, que é de fundamental importância na economia do nosso país, gerando emprego e renda para milhares de famílias em todo o país”, destaca o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

Comunidade Quilombola do Abacatal e sua cultura tracionalFoto: Leandro SantanaAnanindeua ficou na categoria C, já que inicia os investimentos no setor apenas este ano e está na região metropolitana, onde possui inúmeras opções de hospedagens, trazendo ao município apenas a visitação. A cidade também tem suas próprias acomodações confortáveis, porém o grande atrativo é a gastronomia. Há mais de 100 restaurantes com sabores típicos da região, incluindo os das ilhas próximas ao município e a Comunidade Quilombola do Abacatal, que tem uma cultura rica em total conexão com a natureza e fica localizada a 8km do centro da cidade.

O município será destaque na primeira edição da revista do ministério do Turismo, inserido na rota Amazônica, com a pesca esportiva, entre outros atrativos.

Com informações da Agência de Notícias da Prefeitura Municipal de Ananindeua (PMA).

RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais visualizados